Copa Assomasul avança para a terceira fase com classificados definidos

Copa Assomasul avança para a terceira fase com classificados definidos

A emoção e a competição estão aquecendo os campos de Mato Grosso do Sul enquanto a 20ª Copa Assomasul avança para a terceira fase. Após intensas disputas, os municípios classificados que seguem na competição são: Antônio João, Campo Grande, Deodápolis, Bela Vista, Chapadão do Sul, Itaporã, Nova Andradina, Mundo Novo, Corumbá, Inocência, Nioaque, Três Lagoas, Camapuã, Maracaju e Ribas do Rio Pardo.

O arbitral que definirá as regras e as próximas etapas desta fase emocionante será realizado amanhã, 11 de junho, na sede da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul). Este encontro será importante para determinar as sedes e os dias das próximas partidas, garantindo que a competição continue a ser organizada de forma justa e eficiente.

Governador Eduardo Riedel Anuncia Van ao Município Campeão

Durante a abertura dos jogos da última etapa da segunda fase da 20ª Copa Assomasul, no último sábado, 8 de junho, em Maracajú, importantes anúncios e celebrações marcaram o evento. O Governador Eduardo Riedel e o ex-governador Reinaldo Azambuja estiveram presentes, reforçando seu apoio contínuo à competição. Em um momento significativo, o governador Eduardo Riedel, anunciou um convênio para a aquisição de uma van destinada ao município campeão.

Durante a cerimônia de abertura, o Governador Eduardo Riedel destacou o simbolismo da Copa Assomasul para o estado de promover a integração dos municípios e com o próprio estado/ Foto: Edson Ribeiro

A Copa Assomasul: Mais que Futebol

Organizada pela Assomasul, a Copa não se limita apenas a celebrar a paixão nacional pelo futebol. A competição é uma plataforma de integração, intercâmbio cultural e troca de experiências entre os servidores municipais. Este contexto reforça o compromisso da Copa Assomasul com valores que vão além do esporte, consolidando-se como uma tradição no estado e cultivando a unidade e o espírito de equipe entre as diversas prefeituras envolvidas.

A reunião de municípios em uma mesma sede para as partidas gera um influxo de atividade econômica local. Em torno desses jogos, aproximadamente cinco municípios contribuem para a movimentação financeira, impulsionando o comércio e os serviços da cidade anfitriã. Assim, a Copa Assomasul não se configura apenas como uma competição esportiva, mas também como um meio de fortalecer a economia das comunidades envolvidas.

Além disso, a Copa oferece oportunidades para o desenvolvimento de parcerias comerciais e networking entre os participantes. Os encontros durante os jogos não apenas fortalecem os laços entre os funcionários municipais, mas também facilitam a troca de experiências e ideias, incentivando a cooperação e o crescimento econômico conjunto.

Foto: Edson Ribeiro

20ª Edição: Um Marco na História da Copa Assomasul

A edição atual da Copa Assomasul é especialmente significativa, contando com a participação de 60 equipes e reunindo aproximadamente 1.350 atletas em campo. Este número expressivo de participantes ressalta o sucesso e a importância do evento no calendário esportivo do estado.

Mais do que uma competição, a Copa Assomasul se revela como uma celebração do municipalismo ativo. O evento destaca a paixão nacional pelo esporte e serve como um lembrete do poder do futebol em criar pontes, aproximar pessoas e comunidades. Dessa forma, reafirma o compromisso da Assomasul com o desenvolvimento integral dos municípios sul-mato-grossenses.

A expectativa é grande para a terceira fase, onde novas emoções e desafios aguardam os municípios classificados. Com a definição das novas etapas amanhã, todos os olhos estarão voltados para a sede da Assomasul, esperando ansiosamente pelas próximas partidas que prometem ser tão emocionantes quanto as anteriores.

A 20ª Copa Assomasul conta com o apoio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), FIE (Fundo de Investimento Esportivo), Governo do Estado e Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura). Além disso, recebe o patrocínio da Cassems, Grupo Enzo, Construtora B&C, Kagiva, Sanesul, Fiorilli Software e Nio Digital.

Governo do Estado realiza 3º Encontro de Gestores de Pessoas no Setor Público, com foco em inovação e futuro

Governo do Estado realiza 3º Encontro de Gestores de Pessoas no Setor Público, com foco em inovação e futuro

Tendências, estratégias e inovação na gestão de pessoas serão temas do 3º Encontro de Gestores de Pessoas no Setor Público de MS, realizado pela Secretaria de Estado de Administração, por meio da Superintendência de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, nos dias 24 e 25 de junho, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo.

Com foco na transformação da visão dos profissionais e a modernização dos processos de gestão de pessoas no setor público de MS, o evento vai oferecer uma perspectiva abrangente aos servidores públicos estaduais e municipais, que atuam na área de gestão de pessoas, nos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, Defensoria Pública, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado. As inscrições estão abertas até o dia 10 de junho, pelo portal da Escola de Governo de MS (Clique aqui e se inscreva).

Integrando o Programa de Gestão de Pessoas para o Futuro, o encontro vai oferecer uma programação com 10 palestras e mesas redondas, abordando temas como liderança, transformação digital, E-social, gestão por desempenho, motivação e outros assuntos que são tendência na gestão de pessoas, com palestrantes de referência nacional em gestão de pessoas no setor público, além de momentos de integração entre os participantes do evento.

Frederico Felini, secretário de Estado de Administração, aponta como o encontro deve alavancar a modernização da gestão de pessoas no setor público de MS.

“A prioridade do Governo do Estado nessa área é a promoção de práticas inovadoras, com uma gestão de pessoas centrada no potencial dos servidores e nas demandas de futuro no mundo do trabalho e do serviço público. Isso inclui a capacitação constante para uma modernização dos processos, com o mapeamento das demandas em gestão de pessoas dos órgãos e desenvolvimento de políticas integradas de inclusão, saúde, diversidade, capacitação e habilidades para o futuro e inovação”, pontua Felini.

Em 2024, o Contrato de Gestão da SAD prevê a entrega de soluções tecnológicas e a padronização dos processos e fluxos na gestão de pessoas. O encontro de gestores vai iniciar um ciclo de formações para que os servidores das unidades de gestão de pessoas e folha de pagamento das secretarias, autarquias e fundações se atualizem sobre as inovadoras práticas de gestão de pessoas e entreguem serviços de qualidade na gestão de pessoal no Governo do Estado.

Segmento essencial na gestão de pessoas, a qualificação e capacitação de servidores é um processo contínuo que acontece no Governo do Estado, por meio da Escola de Governo de Mato Grosso do Sul (Escolagov). A Fundação é vinculada à Secretaria de Administração, atuando como instituição chave na implementação da política de aperfeiçoamento de pessoal no Estado e correalizadora do encontro de gestores.

“O encontro de gestores é uma excelente oportunidade para discutir, atualizar e expandir conhecimentos sobre os desafios e tendências da gestão de pessoas.  O evento proporcionará um importante momento de troca de informações com especialistas, permitindo compartilhar experiências e discutir temas atuais, como modernização e os desafios do setor, com o objetivo de melhorar a eficiência e a qualidade dos serviços públicos”, avalia a diretora-presidente da Escolagov, Ana Paula Assunção.

A proposta de municipalismo do Governo do Estado também é contemplada no encontro, uma vez que o evento proporciona a participação de gestores de pessoal das Prefeituras e Câmaras de Vereadores, dos 79 municípios.

“Com o encontro, o Governo do Estado fomenta a qualificação profissional para a modernização da visão dos gestores e evolução dos processos em gestão de pessoas com foco no futuro. Está contemplando o que há de mais atual e as tendências de futuro em gestão estratégica de pessoas no país, com palestrantes do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, do TSE, consultores e especialistas em gestão de pessoas de referência”, explica a superintendente de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas da SAD, Lea Maria Ribeiro.

Após o encontro de gestores, a SAD iniciará o ciclo de formação, com oficinas voltadas para os servidores que atuam na área de gestão de pessoas dos órgãos do Governo do Estado, desenvolvendo nova etapa do Programa de Gestão de Pessoas para o Futuro.

Capital sediará Congresso de Direito Tributário, Constitucional e Administrativo

Capital sediará Congresso de Direito Tributário, Constitucional e Administrativo

De 5 a 7 de junho, em parceria com o TJMS por meio da Escola Judicial (Ejud-MS), o Chiesa Instituto de Estudos Jurídicos realizará o XV Congresso de Direito Tributário, Constitucional e Administrativo, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande.

As inscrições podem ser efetivadas pelo link https://doity.com.br/xv-congresso-direito-tributrio-constitucional-administrativo. Do evento participam renomados palestrantes como os ministros Edson Fachin (STF), Paulo Sérgio Domingues (STJ) e os desembargadores Ary Raghiant Neto (TJMS), Luís Carlos Hiroki Muta (TRF 3ª Região) e Nelton Agnaldo dos Santos (TRF 3ª Região).

Confirmaram presença ainda Ana Carolina Ali Garcia, Alexandre Ávalo Santana, Argos Campos Ribeiro Simões, Bernard Appy, Betina Treiger Grupenmacher, Carla de Lourdes Gonçalves, Carlo Fabrizio, Cristiane Alkmin Junqueira Schmidt, Edison Fernandes, Eduardo Sabbag, Fernando José Baraúna Recalde, Flavio Garcia Cabral, Francielli Honorato Alves e Gustavo Brigagão.

Os participantes poderão compartilhar os conhecimentos de Íris Vânia Santos Rosa, Jacintho Arruda Câmara, Jaime Elias Verruck, José Maurício Conti, Junior Ramires, Leonardo Alvim, Leonardo Furtado Loubet, Lucas Galvão de Britto, Lúcio Flavio Sunakozawa, Marcelo Magalhães Peixoto, Paulo Ayres Barreto, Paulo Caliendo e Paulo de Barros Carvalho.

Estarão presentes também Helenilson Cunha Pontes, Hendrick Pinheiro, Inês Maria Coimbra, José de Andrade, Priscila de Souza, Rafael Gratão, Ricardo Anderle, Robson Maia Lins, Tacio Lacerda Gama, Thiago Marrara, Roque Antonio Carrazza, Ângelo de Angelis, Manoel Procópio Jr. e Nelson Machado.

De acordo com a programação serão realizados diferentes painéis e palestras, com temas como Gestão Pública dos Conflitos Recorrentes e o Papel do Judiciário; O Pacto Federativo na Distribuição de Competências Tributárias após a PEC 132/23; Reflexões Preliminares Sobre a Reforma Tributária; Competência Jurisdicional do IBS e da CBS; Imposto Seletivo (IS): Finalidade, Materialidade e Limites Constitucionais.

Entre os temas preparados para discussão no evento estão Rota Bioceânica: Novos Cenários Jurídicos; Conquistas e Desafios Jurídicos do Setor Produtivo; Tratamento Tributário do Ato Cooperativo e o RE 672.215; Contencioso Fiscal Após a Reforma Tributária; IBS/CBS Não-cumulativo e a Garantia de Devolução dos Saldos Credores; Fundos Estaduais para Infraestrutura e a Contribuição do art. 136 do ADCT; Controle Jurisdicional dos Meios Alternativos de Resolução de Conflitos; Penhora de Direitos e de Ativos Financeiros, entre outros.

Com informações do TJMS.

Assomasul alerta gestores municipais sobre prazos em setores essenciais

Assomasul alerta gestores municipais sobre prazos em setores essenciais

A Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) alerta os gestores municipais sobre os prazos para áreas fundamentais, como saúde, cultura, educação e alimentação escolar. É importante que os responsáveis estejam cientes dessas datas para garantir o pleno funcionamento dos serviços e o cumprimento das obrigações municipais.

Retomada de Obras e Serviços de Engenharia: O prazo para repactuações com entes federativos e a reativação de obras e serviços de engenharia voltados à saúde foi prorrogado até o dia 23 de junho. Esta ação está inserida no Pacto Nacional pela Retomada de Obras e de Serviços de Engenharia, abrangendo também a educação básica e profissionalizante. A Portaria GM/MS n° 3.084 estabelece este novo prazo, exigindo atenção imediata dos gestores municipais para garantir a continuidade e a eficiência dessas obras.

Retomada de Obras na Educação Básica: Para aqueles que aderiram à retomada de obras na educação básica, o prazo para resposta das diligências iniciais foi estendido até 28 de junho de 2024. Esta ampliação do prazo visa garantir que cada projeto seja minuciosamente revisado, assegurando a qualidade e a eficiência das obras educacionais em curso.

Cadastro de Conselheiros no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE): Um novo módulo para o cadastro de conselheiros no Sistema de Gestão do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) foi implementado. É fundamental que os mandatos do Conselho de Administração Escolar (CAE) sejam recadastrados até 31 de julho, visando garantir a representatividade e a transparência na gestão da alimentação escolar.

Política Nacional Aldir Blanc 2 (PNAB): Os gestores e gestoras municipais tem até 31 de julho para enviar o Plano Anual de Aplicação de Recursos (PAAR) da Política Nacional Aldir Blanc 2 (PNAB). Esta prorrogação oferece uma oportunidade vital para garantir a eficácia e o alcance dos recursos destinados à cultura em cada município.

A Assomasul ressalta a importância de os gestores municipais estarem plenamente cientes e comprometidos com esses prazos estendidos, garantindo assim o bom funcionamento e a eficácia dos serviços essenciais para a população. O não cumprimento dessas obrigações pode resultar em impactos significativos nas áreas da saúde, cultura, educação e alimentação escolar em cada município.

Confira os classificados da 20ª Copa Assomasul

Confira os classificados da 20ª Copa Assomasul

Neste fim de semana, os municípios de Inocência e Três Lagoas sediaram a segunda fase da 20ª  Copa Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). O campeonato, realizado nos 25 e 26 de maio, transcendeu a esfera esportiva, promovendo uma significativa integração municipal e reforçando o conceito de municipalismo através do esporte.

A competição iniciou em Inocência no sábado, 25 de maio, contando com a participação das cidades de Alcinópolis, Chapadão do Sul, Selvíria e Coxim. Desta fase, Inocência e Chapadão do Sul se destacaram, avançando para a próxima fase do torneio.

Equipe de Inocência/ Foto: Edson Ribeiro

Equipe de Chapadão do Sul/ Foto: Edson Ribeiro

A emoção continuou no domingo (26), em Três Lagoas. Neste dia, juntaram-se à competição as equipes de Água Clara, Aparecida do Taboado, Cassilândia e Nioaque. O time anfitrião e Nioaque foram os times que garantiram o lugar nas próximas fases.

Equipe de Três Lagoas/ Foto: Edson Ribeiro

Equipe de Nioaque/Foto: Edson Ribeiro

Organizada pela Assomasul, a competição não apenas celebra a paixão nacional pelo futebol, mas também promove a integração, o intercâmbio cultural e a troca de experiências entre os servidores municipais. Este contexto reforça o compromisso da Copa Assomasul com valores que transcendem o esporte, moldando um evento que, ano após ano, consolida-se como uma tradição no estado, cultivando a unidade e o espírito de equipe entre as diversas prefeituras envolvidas.

A 20ª Copa Assomasul conta com o apoio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), FIE (Fundo de Investimento Esportivo), Governo do Estado e Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura). Além disso, recebe o patrocínio da Cassems, Grupo Enzo, Construtora B&C, Kagiva, Sanesul, Fiorilli Software e Nio Digital.

TCE-MS vai orientar gestores sobre as condutas vedadas em ano eleitoral

TCE-MS vai orientar gestores sobre as condutas vedadas em ano eleitoral

O Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul realiza na próxima terça-feira, 28 de maio, o seminário “Contas Públicas e Condutas Vedadas no Ano Eleitoral”, voltado para prefeitos, presidentes de Câmaras, controladores interno e contadores dos municípios.

Na programação estão previstos dois painéis, sendo o primeiro sobre “Transição de mandato – condutas vedadas do último ano de mandato à luz da Lei de Responsabilidade fiscal (LRF) e obrigações dos prefeitos, que terá como palestrante o advogado Diego de Araújo Lima, com a mediação do diretor da Secretaria de Controle Externo do TCE-MS (Secex), Eduardo dos Santos Dionizio.

O segundo painel do seminário será sobre “Agentes públicos e ano eleitoral à luz da Lei 9504/1997 e normas da justiça eleitoral, sob a responsabilidade do também advogado Welliton Aparecido Nazario. A mediação será feita pelo chefe da Consultoria Jurídica do TCE-MS, André Puccinelli Júinior.

O diretor da Secex, Eduardo dos Santos Dionizio, explica que esse é mais um seminário que o TCE realiza voltado a orientar os jurisdicionados. “Estamos em um ano eleitoral e existem algumas condutas que são vedadas aos gestores públicos, algumas situações em que todos os ordenadores de despesa, sejam prefeitos ou presidentes de Câmaras, devem observar no ano eleitoral. O objetivo principal é que erros não sejam cometidos e que eles venham a ter problemas futuramente, principalmente, nas suas prestações de contas”.

Eduardo Dionizio reforçou o convite para os todos os prefeitos, presidentes de Câmaras, contadores e controladores internos para que participem do evento no dia 28 de maio, a partir das 7h30. “Estamos trazendo palestrantes de renome nacional para debater o tema das contas públicas e as condutas vedadas em ano eleitoral. Portanto, é muito importante a participação dessas pessoas neste evento”.

Os interessados em participar do Seminário podem fazer a inscrição no link https://www.escoex.ms.gov.br/escoex/sge/AcaoEducacionalPreMatricula/Criar/281

Os palestrantes

Welliton Aparecido Nazario é advogado, mestrando em Constitucionalismo e Democracia (FDSM). Pós Graduado em Direito Administrativo e Nova Lei de Licitações. Tem experiência no Direito, com ênfase em Direito Público, Administrativo e Eleitoral. Possui pesquisas nas áreas de Processo Civil, Direito Constitucional e Direito Internacional com ênfase em Direitos Humanos. Diego de Araújo Lima também é advogado, especializado em Direito Público e Concessões e Parcerias Público-Privadas, com vasta experiência em questões relacionadas aos temas.

Com informações do TCE-MS.

× Como posso te ajudar?