Skip directly to content

Selvíria vai ganhar o primeiro sistema de esgoto tratado

Data: 
28/04/2020 - 09:36
Vista da cidade de Selvíria

Com investimentos de R$ 10,2 milhões do Programa Avançar Cidades, a Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), vai contemplar Selvíria com a primeira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e rede coletora de esgotamento sanitário.

O prefeito José Fernando Barbosa dos Santos, e o supervisor da unidade Sanesul, Marcos Francisco Martins, estiveram recentemente no local onde deverá ser construída a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto), para acompanhar o levantamento planialtimétrico georreferenciado da área.

“Com a coleta e o tratamento de esgoto em Selvíria, vamos melhorar as condições sanitárias locais, garantindo a conservação dos recursos naturais e promovendo a qualidade de vida da população”, comentou o supervisor.

Segundo o Departamento de Projetos da empresa, a nova ETE terá capacidade para tratar até 10 litros por segundo de esgoto bruto. O sistema deverá ser reator UASB. O recurso também será utilizado na construção de 17,3 km de rede coletora de esgotamento e 812 ligações domiciliares.

Atualmente, os moradores utilizam fossas sépticas sem nenhum tipo de tratamento, o que aumenta os riscos de poluição e condições inadequadas da saúde no ambiente local.

Para o Gerente Regional da Sanesul, Adilson Bahia, responsável pela operação de Selvíria, concretizar o projeto de coleta e tratamento do esgoto na cidade é um sonho realizado.

“É uma satisfação fazer parte deste processo, pois é minha cidade natal e o saneamento básico será um passo importante para o desenvolvimento e para a qualidade de vida da população e futuras gerações”, comentou. 

O prefeito José Fernando diz que esta é uma das maiores obras públicas que o município já recebeu. “É um grande projeto que vamos colocar em prática. Esse investimento vem ao encontro de nossa necessidade, pois oferecerá mais saúde e qualidade de vida para os moradores. Estamos ansiosos para ver isso tudo acontecer”.

O município está inserido na próxima etapa do Avançar Cidades, viabilizado pela Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) junto à Caixa Econômica Federal.