Skip directly to content

Estado disponibiliza apoio aos municípios nas ações de combate ao mosquito da dengue

Data: 
19/03/2019 - 17:00
Encontro ocorreu na SES pela manhã

 

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) reuniu na manhã desta terça-feira (19) técnicos estaduais, dos municípios e do Ministério da Saúde para avaliar a situação epidemiológica de Mato Grosso do Sul e discutir as ações de combate à dengue, além de traçar novas estratégias para enfrentar a alta incidência da doença, que já afeta várias cidades do Estado. 

 

A reunião aconteceu na Sala de Situação da SES.

 

No período da tarde, novamente a equipe se reúne para continuar os trabalhos para debater a situação epidemiológica e investigação de óbitos. Do encontro pela manhã, participaram, além do secretário da SES, Geraldo Resende; o secretário municipal de Campo Grande, Marcelo Vilela; os representantes do Ministério da Saúde, Rodrigo Said, Noely Moura, Aline Rapello e Priscila Leal, entre outros técnicos.

 

Segundo a superintendente de Vigilância Sanitária da SES, Larissa Castilho, atualmente 26 municípios de Mato Grosso do Sul apresentam alta incidência da dengue, sendo que Campo Grande decretou a epidemia da doença.

 

“Por conta disso, sugerimos a vinda dos técnicos do Ministério da Saúde, cuja participação está sendo muito produtiva, principalmente quanto às informações de âmbito nacional, com subsídios e suporte para o fortalecimento das ações em Mato Grosso do Sul”, salienta.

 

De acordo com Geraldo Resende, o Governo do Estado tem disponibilizado todo o apoio aos municípios nas ações de combate ao mosquito que transmite a dengue, zika e chikungunya. 

 

“Estamos fazendo a nossa parte tanto nas ações que são competência dos gestores municipais quanto na conscientização da população, porém estamos dispostos a fazer ainda mais, no que estiver ao nosso alcance, para vencermos a guerra contra o mosquito”, conclui.

 

Da programação dos técnicos do Ministério da Saúde em Mato Grosso do Sul, constam ainda, na quarta e quinta-feira (20 e 21), visitas às Unidades Básicas e outras unidades de saúde em Campo Grande para acompanhar atividades de controle químico realizado pelo município. 

 

O encerramento acontecerá dia 21 de março no gabinete da SES.